Avenida Getúlio Vargas, 335 - Quitandinha - Petrópolis - RJ
(24) 2235-1079
contato@faeterj-petropolis.edu.br

Matrícula On-line 2022-1

Matricula on-line 2022-1

Em respeito ao Luto Oficial da Cidade, e visando a integridade dos alunos, corpo docente e funcionários e para fortalecer nosso apoio à rede de solidariedade às vítimas e familiares. Diante da restrição de deslocamentos na cidade, receberemos as matriculas do vestibular de forma remota, de acordo com o cronograma oficial em edital e publicação na rede FAETEC.

RECEBEREMOS AS DOCUMENTAÇÕES VIA ON-LINE.

Seguem as orientações abaixo:

Documentação:
• Certidão de nascimento ou casamento
• RG
• CPF
• Título eleitor
• Dispensa militar
• Certificado Ensino Médio
• Histórico Escolar
• Publicação em Diário Oficial da Conclusão do Ensino Médio (formados até dez 2016)
• Foto 3×4
• Comprovante de residência
• Ficha de matricula preenchida e assinada

Todos os documentos serão conferidos e posteriormente agendado uma data mais segura para conferencia com os originais.

Email para envio: seacad@faeterj-petropolis.edu.br

Vestibular – pegar ficha de matricula na área do candidato da Legalle ( https://legalleconcursos.com.br/)

Sisu – pegar ficha de matricula na página da FAETERJ Petrópolis ( http://www.faeterj-petropolis.edu.br/site/ficha-de-matricula/ )

PARA AS VAGAS DE COTISTAS: ALÉM DA DOCUMENTAÇÃO ACIMA, APRESENTAR:

Candidatos A1 – Carente Socioeconômico e Pessoa com Deficiência – PcD ou Pessoas Carentes Socioeconômicos e filhos de Policiais Civis, Militares, Bombeiros Militares e de Inspetores de Segurança e Administração Penitenciária, Mortos ou Incapacitados em Razão do Serviço

COMPROVAÇÃO DA COTA: Em cumprimento à Lei Estadual nº 5.346/2008, alterada pela Lei Estadual nº 8121/2018, o candidato comprovará ser cotista e possuir carência socioeconômica mediante a apresentação da seguinte documentação: 1. Para pessoas com deficiência: laudo médico atualizado (com validade de no máximo 6 meses) fornecido por instituição pública de saúde, com parecer descritivo da deficiência, nos termos do Código Internacional de Doenças – CID e de acordo com as determinações estabelecidas pela Lei Federal nº.7.853/1989 e pelos Decretos nos 3.298/1999 e 5.296/2004. 2. Para filhos de policiais civis e militares, de bombeiros militares e de inspetores de segurança e administração penitenciária, mortos ou incapacitados em razão do serviço (cópia autenticada ou original e cópia): a) Certidão de óbito; b) Documento com a decisão administrativa que reconheceu a morte ou incapacidade em razão do serviço; c) Documento de reforma ou aposentadoria por invalidez, contracheque da pensão por morte, quando for beneficiário dela, ou dos proventos da aposentadoria pagas pelo IPERJ, RIOPREVIDÊNCIA ou outra entidade afim.

COMPROVAÇÃO DA CARÊNCIA SOCIOECONÔMICA: É considerado carente socioeconômico, o candidato cotista que estiver inserido no CAD ÚNICO do Governo Federal, através de inscrição individual ou familiar. O candidato que, no ato da matrícula, não apresentar tal comprovação, perderá o direito à matrícula na FAETEC.

Candidatos A2 – Carente Socioeconômico e Negros/Indígenas ou alunos oriundos de Comunidades Quilombolas

COMPROVAÇÃO DA COTA: Em cumprimento à Lei Estadual nº 5.346/2008, alterada pela Lei Estadual nº 8121/2018, fica mantido o regime de autodeclaração nas inscrições e matrículas para exames vestibulares e de admissão para estudantes negros e indígenas, sendo obrigatória a instituição de Comissão Permanente de Assistência, para verificar a regularidade do exercício dos direitos reconhecidos e reparados por esta lei, especialmente para apurar casos de desvio de finalidade, fraude ou falsidade ideológica, cabendo às Universidades criarem mecanismos para estes fins. Os candidatos carentes oriundos de Comunidades Quilombolas deverão apresentar cópia da declaração da Fundação Cultural Palmares. Deverão comprovar seu endereço com documento fornecido pela Associação dos Quilombolas Remanescentes.

COMPROVAÇÃO DA CARÊNCIA SOCIOECONÔMICA: É considerado carente socioeconômico, o candidato cotista que estiver inserido no CAD ÚNICO do Governo Federal, através de inscrição individual ou familiar. O candidato que, no ato da matrícula, não apresentar tal comprovação, perderá o direito à matrícula na FAETEC

Candidatos A3 – Carentes Socioeconômicos e da Rede Pública

COMPROVAÇÃO DA COTA: Em cumprimento à Lei Estadual nº 5.346/2008, alterada pela Lei Estadual nº 8121/2018, enquadram-se neste contexto os estudantes que tenham cursado, integralmente, todas as séries/anos de escolaridade no ensino médio em rede pública em nível nacional, seja municipal, estadual ou federal. Para tanto, o(a) candidato(a) deverá apresentar o histórico escolar ou a declaração de conclusão do ensino médio, que devem especificar que o candidato cursou, integralmente, o ensino médio em escola pública brasileira.

COMPROVAÇÃO DA CARÊNCIA SOCIOECONÔMICA: É considerado carente socioeconômico, o candidato cotista que estiver inserido no CAD ÚNICO do Governo Federal, através de inscrição individual ou familiar. O candidato que, no ato da matrícula, não apresentar tal comprovação, perderá o direito à matrícula na FAETEC

       :